Quando adquirimos um cachorro temos de pensar na questão de como o vamos passear, isso inclui o tipo de trela para cães que se vai comprar. Quando é adulto e com um caráter formado é mais fácil escolher apenas uma trela que sirva para tudo, quando é um cachorrinho pode ser mais complicado porque ele pode ser muito pequeno e depois crescer muito, ou seja o tamanho do cão é um factor que também influencia a escolha a trela.

É de salientar que é obrigatório os cães andarem de trela (ou açaimados quando soltos), e nas raças “Potencialmente perigosas” ou cães perigosos para além do açaime, a trela é obrigatória e não pode ter mais de um metro de comprimento.

Existem vários tipos de trelas, tamanhos e feitios, então como escolher a certa?

As trelas são divididas em três categorias pelo menos:

Trela curta

A trela curta é usada para cães altos e que por algum motivo o dono os queira ter perto de si, pode ser para não permitir o cão cheirar, comer algo do chão, ou ser reativo em certas situações. É uma trela usada por poucos porque não permite que o cão se movimente facilmente.

Trela comprida

A trela comprida pode ir de um metro até aos quatros metros, é uma trela usada com mais frequência pelos donos de cães, permite o animal cheirar e afastar-se um pouco do dono. Permite também que ele vá ter com desconhecidos e outros cães, é uma boa trela porque corretamente usada facilita o treino do animal e permite ser utilizada de algumas maneiras no quotidiano. (Andar com o cão de bicicleta por exemplo, ou de patins, prender a uma árvore, etc). Dá alguma segurança ao dono porque o animal continua preso e pode ser “facilmente” controlado neste tipo de trela.


Trela extensível

Esta é um trela bastante famosa porque dá uma imensa liberdade aos cães de cheirar, brincar, correr, saltar. No entanto apesar de ser uma trela mais usada por raças pequenas também existe para cães até 50 quilos (a fita é reforçada). Apesar de ser uma trela bastante útil não é aconselhado ser usada no meio muito urbano porque devido á distancia da trela o cão pode causar “acidentes” ou magoar-se com ela, enrolando noutras pessoas, animais ou coisas. Em cães com problemas comportamentais como medos, agressividade ou fobias não são aconselhados este tipo de trelas.

Independentemente da trela usada o treino correto e uma boa socialização são a chave para um bom passeio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Menu