Como muita gente sabe, o gato Siamês é geralmente imprevisível. Daí que se coloca o desafio: como educar o gato siamês? No entanto, são muito amáveis e fiéis e conseguem ser fáceis de educar desde que haja dedicação. Os gato Siameses, enquanto animais de estimação, precisam muito de socializar com outros gatos, correndo o risco de ficarem hostis a desconhecidos e com ciúme do dono se não forem habituados a lidar com humanos e outros animais. É importante deixar o seu gato familiarizar-se com amigos ou parentes que visitam a casa acostumando-os assim com os cheiros e as personalidades diferentes das pessoas que se irão cruzar com eles. Isto faz parte do processo de como domesticar um gato.

Uma característica bem marcante dos gatos siameses é a grande comunicação  através de sons. Sempre que um gato precisar de se manifestar ele irá miar, o que pode ser muito bom para quem gosta de conversar. Os gatos siameses também são muito curiosos e inteligentes, o que os faz aprender mais rapidamente.
Sendo uma raça muito apegada à sua família, associa-se muito bem com crianças e outros animais.No entanto, por terem personalidades tão imprevisíveis e diferentes podem ser um desafio ao educar.

Quando se gosta de um gato, pode ser difícil discipliná-lo. Mesmo quando se comportam de modo indesejado,mesmo que eles façam alguma asneira ficamos tão comovidos com o aspeto e a fofura dos nossos gatos que na hora de punir ou disciplinar, sentimo-nos incapazes de lhe resistir, principalmente quando o sentimento pelo nosso gato é muito bom. Apesar disso, educar o comportamento dos gatos é fundamental.

Se não quer gerar ninhadas, mas sim evitar o temperamento forte no cio que é muito comum em siameses, é indispensável castrar o seu gato sendo que os gatos dessa raça atingem a puberdade antes das outras raças, o que pode aos olhos do dono reflectir-se por comportamentos imprevisíveis muito rápido e sem motivos.

Para educar o seu gato deverá providenciar todas as necessidades que ele tem, nomeadamente a alimentação por colocar diferentes recipientes com água e comida frescas, sendo colocadas a uma certa distância da caixa de areia. Tenha preferência por lugares tranquilos de forma a que o seu gato possa comer e beber de forma calma sem interrupções.
É importante também proporcionar ao seu gato uma zona de descanso elevada do chão e situada num lugar da casa tranquilo e isolado sendo preferencialmente  resguardado de correntes de ar.

Como é essencial para o gato que vive em uma casa ter uma caixa de areia para fazer suas necessidades, deverá ter na sua casa uma caixa limpa regularmente à  disposição do seu felino. Quanto mais cômoda a caixa for para ele, mais fácil será de ser usada. Para que gato aprenda para que serve a caixa, ele deve ser levado à caixa logo após cada refeição, não sendo punido se ele se aliviar fora do local, mas sim recompensado sempre que ele usar a caixa corretamente. Lembre-se sempre que gatos siameses tal como a maioria dos gatos aprendem melhor através de estímulos positivos do que de estímulos negativos. É importante recompensar o seu gato quando faz algo que gosta, no entanto, não é qualquer prémio, sendo que os gatos acabam por banalizar demais mimos e carinhos, o melhor será dar algo como um pedaço de frango ou atum. Embora seja melhor usar sempre o reforço positivo, deverá repreender o seu gato quando fizer algo errado, sempre da mesma forma, e com a mesma expressão verbal, isso poderá ajudar a entender que fez algo errado.

Se for punir um gato não lhe bata, pois para além de o magoar, ele não vai perceber que é uma punição, mas sim um ato de maldade que faser com que ele tenha medo de si. Deverá antes usar a voz ou bater palmas para chamar a atenção dele. Se o seu gato relacionar a punição consigo, ele vai passar a mostrar-se mais desconfiado e medroso e, por sua vez, menos suscetível a qualquer tentativa de o educar. O ideal é a utilização de um spray de água ou algum tipo de ruído para que o gato não saiba de onde vem, e que a punição se relaciona com um lugar.

Arranhadores e bolinhas com ração são brinquedos ideais para distrair o gato quando é necessário e para ele queimar a energia acumulada quando está em casa de forma a ficar mais calmo e ser mais fácil educá-lo. Também é bom ter uma árvore de gatos em casa, para que o seu gato possa explorar diferentes níveis de altura sem ficar limitado a um único plano que o deixe entediado. A verdade é que o seu gato estando entediado pode causar mais danos na sua casa e nos seus bens.

Deverá também alterar os brinquedos, para que o animal vá encontrado novidades. Instalar um arranhador também é uma boa ideia.
Dar liberdade ao seu gatinho para se mover à vontade, para trepar e para explorar o seu meio envolvente é muito importante também. Lembre-se que o seu animal deverá dispor de esconderijos e escapatórias. Quando fornece o necessário ao seu gato para suprir as necessidades e também educa segundo estas dicas, acaba por ter um gato obediente, simpático, cuidado e mais importante…feliz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Menu